Loading
 
 
Contactos
bird@iscac.pt
239802000 /Ext359119
Ver horario de atendimento
Gab Relações Internacionais
Procedimentos
:. Procedimentos

Importante:

Um trabalho de pesquisa nos sites das instituições de eventuais destinos é fundamental e deverá ser feito previamente a qualquer candidatura (em especial para mobilidades de estudos). 
Em regra, nesses sites das instituições estrangeiras, consultando "International" ou "International Relations", rapidamente se acede às informações práticas e ofertas formativas de cada escola.


 
Passo 1: Candidatura ao programa
Este é o primeiro passo formal a cumprir e consiste em apresentar candidatura através do website das Relações Internacionais do ISCAC, (entrando em "Erasmus" e neste em "Candidaturas"), através do preenchimento do formulário adequado aí disponível. 


Prazos: : No ano lectivo anterior à realização da mobilidade.Prevê-se que as próximas candidaturas decorram em Fevereiro/Março.
 
Passo 2: Selecção da Escola de Acolhimento

Este é um dos passos mais importantes, pois um dos aspectos fundamentais para o sucesso de uma mobilidade ERASMUS é a adaptação ao país, região e escola de acolhimento. Os principais factores a considerar nesta decisão são:

- prestígio
- disciplinas leccionadas
- língua
- interesse pela cultura do país

Para ajudar a tomar esta decisão podes sempre contar com a ajuda do Gabinete de Relações Internacionais do ISCAC e dos colegas que realizaram mobilidades ERASMUS nos anos anteriores.

 
Tarefas a desenvolver:
  - visitar os sites dos parceiros do ISCAC;
- falar com colegas de anos anteriores;
- verificar que escolas leccionam as disciplinas que tens por fazer


Prazo: definido pela escola que seleccionares
  - 1º semestre  (geralmente até Maio/Junho do ano lectivo anterior, sujeito a confirmação em cada uma das instituições de destino);
- 2º semestre  (geralmente até Novembro do ano lectivo corrente, sujeito a confirmação em cada uma das instituições de destino)
 

Passo 3: Elaboração do contrato de estudos

 

Para garantires que as disciplinas que vais frequentar e (espera-se) obter aproveitamento na Escola de Acolhimento possam obter equivalência a disciplinas do teu curso no ISCAC, previamente é necessário obter parecer favorável do director de curso, preferencialmente por escrito.

Nota: Para efeitos de obtenção de equivalência, deve respeitar-se o princípio de correspondência do nº de ECTS: o nº de créditos ECTS realizados em mobilidade corresponde ao máximo de ECTS para os quais pode solicitar equivalência.

Claro que podes frequentar disciplinas que não existam no ISCAC mas que consideres interessantes. No entanto, essas disciplinas não contribuirão com créditos para a obtenção do teu grau académico; esses créditos, contudo, serão reconhecidos através de Suplemento ao Diploma.

Alterações ao plano de estudos inicial: o estudante tem, em regra, 30 dias após a chegada à instituição de destino para formalizar essas alterações através de formulário adequado. Caso pretenda adicionar nova(s) unidade(s) curriculare(s) à (s) qual(is) pretenda equivalência, deverá, dentro desse prazo, consultar o/a respectivo(a) docente responsável do ISCAC  e só depois proceder às alterações, no documento adequado,"Changes to the Original Learning Agreement" (que é disponibilizado ao estudante). Estas alterações têm que ser assinadas pelos três intervenientes: estudante, Responsável das Relações Internacionais da instituição de origem e Responsável das Relações Internacionais da instituição de destino).

 

Tarefas a desenvolver:
 

- identificar as disciplinas que te interessa frequentar;
- obter os programas dessas disciplinas (se necessário, com a ajuda do Gabinete de Relações Internacionais do ISCAC) para que os respectivos docentes responsáveis do ISCAC possam verificar da possível equivalência dos programas (para o efeito, falar com os docentes responsáveis do ISCAC).

 
Documentos a preencher:

  - contrato de estudos 
- learning agreement/plano de estudos

 

 
Passo 4: Formalização do contrato com o ISCAC

- Documentos pessoais a especificar;
- Cópia do Cartão Europeu de Seguro de Doença (podes pedi-lo via internet ou na Loja do Cidadão);
- Dados bancários: Entidade bancária, comprovativo de IBAN (podes imprimir em qualquer Multibanco) e  morada completa da agência bancária ;
- Ficha de estudante;
- Learning agreement/plano de estudos 

Obs.: Este gabinete faculta aos candidatos os formulários e informação adequados.

- Comprovativo em como se muniu de SEGURO adequado* (obrigatório a partir de 2013-2014)


*como pedir uma extensão do seguro escolar, pagando uma determinada importância.
Vê aqui como fazer seguro: informação 1 . informação 2

Recomendações:
. Antes de partir, recomenda-se ao/à estudante que providencie procuração reconhecida por entidade competente, cujo procurador/a seja  alguém da sua confiança e com disponibilidade para se deslocar ao ISCAC ou ao IPC, que o/a possa representar nestes assuntos Erasmus ou académicos (assinar o contrato/recibo de bolsa, ou outro),  se necessário. O original da procuração ficará na posse do/a procurador/a e uma cópia deverá ser entregue neste gabinete de Relações Internacionais, juntamente com o contacto telefónico desse/a procurador/a.

Documentos a assinar pelo/a estudante/procurador/a:
- Ficha de estudante

- Contrato ou adendas a contrato
- Declarações de Recebimento(s) de Bolsa Erasmus+ (caso sejas bolseiro/a)

     

Passo 5: Estadia na Escola de Acolhimento

 
Finalmente estás onde quiseste: num país estrangeiro, numa escola desconhecida, cheia de pessoas novas.
Tarefas a desenvolver:
 

- estudar muito e obter aproveitamento nas disciplinas definidas no contrato de estudos

- conhecer a cultura do país que te acolhe


- "have lots of fun"

   
 

Passo 6: Regresso

 
No momento de voltar para casa há muitas coisas ainda a tratar para que a mobilidade seja um sucesso completo. Há documentos a trazer da Escola de Acolhimento e outros a preencher à chegada a Coimbra.
Documentos a trazer:
 

- Studies Period Certificate (incluído nos documentos formais do programa Erasmus+ ,  onde, para além de informação "Before the Mobility", oportunamente,  se deverá preencher as páginas "During the Mobility" (ex.: alterações ao plano de estudos incicial) e " After the Mobility"), no qual se deverá mencionar as datas de mobilidade, tal como constam no contrato que assinaram (caso o período de mobilidade referido neste documento seja inferior, poderá haver lugar a restituição parcial ou integral da bolsa Erasmus+, conforme está previsto no contrato).

- Transcript of Records (caso já esteja pronto; caso contrário, podem também ser-nos remetidos via postal pela instituição de destino);

- Programas assinados e autenticados das unidades curriculares que frequentaram com sucesso no estrangeiro e às quais pretendem obter equivalência no ISCAC;

- Changes to The Original Learning Agreement, (caso tenha havido alterações ao plano de estudos inicial), devidamente assinadas e autenticadas pela instituição anfitriã;

- Eventuais documentos de alteração ao contrato (prolongamento do período de estudos, etc.)

 
Documentos a preencher: relatório da mobilidade (preenchido online, cujo link de acesso vos será disponibilizado por email após o regresso)
 
 
 
   
Últimas Ofertas Estágio/Emprego
Estágio
Carnaxide
Tecnologias de Informação
Emprego
Lisboa
Solicitadoria
Emprego
Lisboa
Contabilidade


GPS: N 40º 12' 34.50" | W 8º 27' 7.00"
Contactos

Quinta Agrícola - Bencanta
3040-316 Coimbra

 

Tel: +351 239 802 000
Fax: +351 239 445 445
E-Mail: geral@iscac.pt